Os 10 melhores pais do cinema

Os 10 melhores pais do cinema

Em homenagem ao dia dos pais, segue uma lista feita pelo G1 dos 10 melhores pais do cinema.

Will Smith está no topo da seleção com sua atuação em 'À procura da felicidade'.





Os 10 melhores pais do cinema1. Chris Gardner (Will Smith) - 'À procura da felicidade' (2006)
Mesmo abandonado pela mulher, sem casa nem dinheiro, ele busca no amor pelo filho de cinco anos a força para lutar por condições melhores de vida. A relação pai e filho ganha força na tela pelo fato de o garoto ser interpretado por Jaden Smith, filho de Will Smith na vida real.


Os 10 melhores pais do cinema2. Guido Orefice (Roberto Benigni) - 'A vida é bela' (1997)
Para proteger seu filho das ameaças físicas e psicológicas do Holocausto, ele transforma a rotina em um campo de concentração em uma grande brincadeira. O papel valeu o Oscar de melhor ator a Benigni.


Os 10 melhores pais do cinema3. Daniel Hillard (Robin Williams) - 'Uma babá quase perfeita' (1993)
Depois de ser expulso de casa pela esposa, ele resolve se disfarçar de babá para poder ficar perto dos filhos.


Os 10 melhores pais do cinema4. Marlin (Albert Brooks) - 'Procurando Nemo' (2003)
No início da animação, ele é um pouco neurótico e superprotetor, mas aos poucos vai encontrando seu equilíbrio no papel paterno, em busca de seu filho Nemo, que se perde no fundo do oceano.


Os 10 melhores pais do cinema5. Peter, Michael e Jack (Tom Selleck, Steve Guttemberg e Ted Danson) - 'Três solteirões e um bebê' (1987)
Nesse clássico dos cinemas dos anos 1980, o trio abre mão de sua rotina de curtição e garotas para trocar fraldas e preparar mamadeiras, mesmo sem saber qual deles é o verdadeiro pai da criança.


Os 10 melhores pais do cinema6. Mac MacGuff (J.K. Simons) - 'Juno' (2007)
Apesar de sua tendência ao sarcasmo, ele assume uma postura admiravelmente compreensiva frente à gravidez de sua filha adolescente. Em vez de julgar ou punir Juno, ele a oferece seu apoio e sua amizade.


Os 10 melhores pais do cinema7. Henry Jones (Sean Connery) - 'Indiana Jones e a última cruzada' (1989)
Ele pode ter sido um pouco ausente durante a infância de Indiana Jones, mas tenta compensar o tempo perdido acompanhando 'Júnior' nessa aventuras.


Os 10 melhores pais do cinema8. Gil Buckman (Steve Martin) - 'O tiro que não saiu pela culatra' (1989)
Decidido a ser diferente de seu pai ausente, ele tenta conciliar a rotina de trabalho com suas tarefas de pai de três crianças e ainda manter o bom humor. O papel consagrou o ator como pai atrapalhado, perfil que ele repetiu em 'O pai da noiva' (1995) e 'Doze é demais' (2003).


Os 10 melhores pais do cinema9. Richard Hoover (Greg Kinnear) - 'Pequena Miss Sunshine' (2006)
Essa comédia ganhadora de dois Oscar traz um pai que apóia sua filha em qualquer situação, até mesmo quando ela fica obcecada por um concurso de beleza. Ele começa a história cheio de inseguranças, mas vai se tornando um superpai ao longo do caminho.


Os 10 melhores pais do cinema10. Don Corleone (Marlon Brando) - 'O poderoso chefão' (1972)
Além de ser padrinho de todo o clã, ele é pai de quatro. Apesar de seus defeitos e de seus métodos fora-da-lei, ele definitivamente coloca a família em primeiro lugar e faz qualquer coisa para proteger sua prole.

6 Comentários »

Comente!!

Sua opinião é importantíssima!

Feeds Blog Idéias! Cadastro por e-mail O que são feeds? Comunidade Blog Idéias Orkut Twitter Blog Idéias
Increva-se na newsletter do Blog Idéias!
Lembre-se de confirmar o cadastro em seu e-mail, ok?

Boas Idéias!

Ocioso LinkLog Uêba Colméia Byte Que Eu Gosto Chicclete Capinaremos Tenso blog Perolas para Porcos Manicômio SA BoboLoco Insoonia Fester Blog Sedentário & Hiperativo Lista 10 Papibakigrafo Trocistas Ela ta de Xico! Sangue Ácido inSUPORTÁveis Fottus Metamorfose Digital República das Cores

Parceiro de Idéias!

Blog Idéias!

Últimos posts!

Estatísticas



Visitantes online no blog:



Visitantes recentes

Custom UsuárioCompulsivo
Widget BlogBlogs

Últimos comentários!


Copyleft © Blog Idéias! 2009 - Nada reservado! =P

Tema original modificado por Pedro Sá.